terça-feira, 31 de julho de 2012

48º FEFOL - Festival de Folclore de Olímpia

 Mateus - são personagens do Reisado
 Nobilino - Mestre do Reisado de  Zabelê









 Paisagem baiana durante a viagem



 Chegando a olímpia, muita plantação e pouquissima ou nenhuma mata nativa, o que impera são os plantios de cana de açucar, laranja e eucalipto




 recepção dos grupos na igreja matriz


 o pequeno Renan

 Rafinha, filmou toda a viagem e lançará um documentário
 Galo



 Célia, Coordenadora do Gamga Zumba


 Alma









 Mestre Deda Xangô à frente do Batalhão de Bacamarteiros












Dois grupos representaram a Paraíba: O parafolclórico Acauã e o Folclórico Reisado de Zabelê





 as crianças e o seu encantamento com os personagens folclóricos
Essa garota da foto ficou apaixonada por um mateus

Música caipira de qualidade





Grupos gaúchos e suas belíssimas e elegantes gaúchas






Por onde os personagens do Reisado de Zabelê passam chamam a atenção

O Thermas é um paraíso artificial








Gaúchos reunidos pra ouvir milongas, tomar chimarrão e fumar cigarro de palha pra espantar os mosquitos


Seu Altino e dona Eva




Recomenda das almas, grupo tradicional de olímpia e que é semelhante as rezadeiras de incelências







Tradicional dança masculina dos gaúchos a chula

Olimpia é uma pequena cidade do interior paulista, distante 430 km de sua capital e com uma população em torno de 50 mil habitantes e uma economia baseada nas plantações de laranja, café e cana de açucar, tendo ainda como fonte de turismo o seu famoso termas que atrai milhares de pessoas todas as semanas.
O FEFOL - Festival do Folclore de Olimpia acontece há 48 anos, tornando a pequena cidade de Olimpia de povo acolhedor e receptivo na capital nacional do folclore. Aqui reunem-se costumes, manifestações e sotaques em uma agitação cultural que dura do dia 21 a 29 de julho.